Back to Back Issues Page
como eu me meti nessa enrascada?
May 19, 2020

Em novembro de 1991, eu estava no Recife, 'participando' de um almoço com 28 estrangeiros - em pleno Dia de Ação de Graças. (O Thanksgiving é o maior feriado americano, depois do Natal.)

Digo 'participando', porque tudo o que eu podia fazer era comer e balançar a cabeça. De vez em quando, eu pescava uma frase aqui, outra ali...

Dos 4 brasileiros presentes, eu era o único que não falava inglês.

Não sei se você já passou algo parecido, mas fui me sentindo cada vez mais envergonhado. Depois, comecei a ficar com raiva mesmo.

Imagina, em pleno solo brasileiro, e eu todo deslocado na ocasião! Me sentia um peixe fora d'água...

Quase no final do evento - que durou quatro horas - eu não me aguentava mais... Sentia um misto de raiva e desespero com aquilo tudo.

(Eu trabalhava com estrangeiros - todos bilíngues. Então, quando chegava um novato, o idioma era o inglês. E eu ficava sobrando.)

Mas aquele almoço foi o fim da picada.

No caminho de volta, eu ia cabisbaixo, quando meu companheiro - que era da Califórnia - teve uma ideia brilhante!

E a ideia dele foi TÃO BOA, que 90 dias eu já estava conversando o básico em inglês, e me fazendo entender sem medo!

Aquele momento foi decisivo na minha vida. O que nós decidimos fazer a partir daquele momento pode ser feito por você hoje também.

Quer saber o que a gente fez?

Tcha-ram! Então abre o e-mail de amanhã, que você não vai se arrepender!!

O título é: "Como Consegui Falar Inglês Sem Estudar"

Grande abraço,

Charlles
PS: Eita! Me empolguei com a história, e quase ia me esquecendo... O produto que mencionei ontem se chama MANIFESTO. É um documento que expressa minha crença no que funciona pra você aprender inglês. Dezenas de jovens e adultos podem comprovar a eficácia dele.

Clica aí pra baixar o PDF, e conseguir resultados também:

Manifesto.

Back to Back Issues Page