aprenda inglês com vídeos

1   2   3   4   5

WHY DO WE SLEEP?

1 - In 1965, 17-year-old high school student, Randy Gardner stayed award for 264 hours. That's 11 days to see how he'd cope without sleep.

2 - On the second day, his eyes stopped focusing. Next, he lost the ability to identify objects by touch. By day three, Gardner was moody and uncoordinated.

3 - At the end of the experiment, he was struggling to concentrate, had trouble with short-term memory, became paranoid, and started hallucinating.

4 - Although Gardner recovered without long-term psychological or physical damage, for others, losing shuteye can result in hormonal imbalance, illness, and, in extreme cases, death.

5 - We're only beginning to understand why we sleep to begin with, but we do know it's essential. Adults need seven to eight hours of sleep a night, and adolescents need about ten.

6 - We grow sleepy due to signals from our body telling our brain we are tired, and signals from the environment telling us it's dark outside.

7 - The rise in sleep-inducing chemicals, like adenosine and melatonin, send us into a light doze that grows deeper, making our breathing and heart rate slow down and our muscles relax.

8 - This non-REM sleep is when DNA is repaired and our bodies replenish themselves for the day ahead. In the United States, it's estimated that 30% of adults and 66% of adolescents are regularly sleep-deprived.

9 - This isn't just a minor inconvenience. Staying awake can cause serious bodily harm. When we lose sleep, learning, memory, mood, and reaction time are affected.

10 - Sleeplessness may also cause inflammation, halluciations, high blood pressure, and it's even been linked to diabetes and obesity.

11 - In 2014, a devoted soccer fan died after staying awake for 48 hours to watch the World Cup.

12 - Studies show that chronically sleeping fewer than six hours a night increases stroke risk by four and half times compared to those getting a consistent seven to eight hours of shuteye.

13 - For a handful of people on the planet who carry a rare inherited genetic mutation, sleeplessness is a daily reality. This condition, known as Fatal Familial Insomnia, places the body in a nightmarish state of wakefulness, forbidding it from entering the sanctuary of sleep.

14 - Within months or years, this progressively worsening condition leads to dementia and death. How can sleep deprivation cause such immense suffering? Scientists think the answer lies with the accumulation of waste prducts in the brain.

15 - During our waking hours, our cells are busy using up our day's energy sources, which get broken down into various byproducts, including adenosine.

16 - As adenosine builds up, it increases the urge to sleep, also known as sleep pressure. In fact, caffeine works by blocking adenosine's receptor pathways.

17 - Other waste products also build up in the brain, 3:20and if they're not cleared away, they collectively overload the brain and are thought to lead to the many negative symptoms of sleep deprivation.

18 - So, what's happening in our brain when we sleep to prevent this? Scientists found something called the glymphatic system, a clean-up mechanism that removes this buildup and is much more active when we're asleep.

19 - It works by using cerebrospinal fluid to flush away toxic byproducts that accumulate between cells.

20 - Lymphatic vessels, which serve as pathways for immune cells, have recently been discovered in the brain, and they may also play a role in clearing out the brain's daily waste products.

21 - While scientists continue exploring the restorative mechanisms behind sleep, we can be sure that slipping into slumber is a necessity if we want to maintain our health and our sanity.

POR QUE NÓS DORMIMOS?

1 - Em 1965, o estudante de ensino médio, Randy Gardner, então com 17 anos, permaneceu acordado por 264 horas. Foram 11 dias para saber como ele reagiria a ficar acordado.

2 - No segundo dia, seus olhos não conseguiam focalizar. Depois, perdeu a capacidade de identificar objetos pelo tato. No terceiro dia, Gardner tornou-se depressivo e descoordenado.

3 - No fim da experiência, tinha dificuldade de se concentrar, problemas com a memória de curto prazo, ficou paranoico e tinha alucinações.

4 - Apesar de Gardner ter se recuperado sem danos psicológicos ou físicos de longa duração, para outros, perder o sono pode resultar em desequilíbrio hormonal, doença e, em casos extremos, morte.

5 - Estamos começando a entender por que precisamos dormir, mas sabemos que isto é essencial. Adultos precisam de sete a oito horas de sono à noite e adolescentes, cerca de 10 horas.

6 - Ficamos sonolentos devido a sinais que o corpo nos envia e informam ao cérebro que estamos cansados e do ambiente vêm sinais de que já escureceu.

7 - O aumento de substâncias químicas que induzem o sono, como a adenosina e a melatonina, nos fazem ter um sono leve que vai se tornando mais profundo a respiração e o batimento cardíaco ficam mais lentos e os músculos ficam relaxados.

8 - O DNA é reparado neste sono que não é REM e o corpo se revigora para o dia que nos espera. Nos EUA, estima-se que 30% dos adultos e 66% dos adolescentes têm dificuldades para dormir.

9 - Não é uma inconveniência de menor importância. Ficar sem dormir pode causar sérios danos o corpo. Quando perdemos o sono, a aprendizagem, a memória, o humor e o tempo de reação, são afetados.

10 - A falta de dormir também pode causar inflamações, alucinações, aumento da pressão sanguínea, e até mesmo está ligada à diabete e à obesidade.

11 - Em 2014, um torcedor de futebol morreu depois de ficar acordado por 48 horas para assistir à Copa do Mundo.

12 - Embora a "causa mortis" tenha sido um AVC, estudos indicam que sempre dormir menos do que seis horas por noite aumenta quatro vezes e meia o risco de um AVC em comparação com dormir durante sete ou oito horas.

13 - Para algumas pessoas que têm uma rara mutação genética herdada, a ausência de sono é uma realidade diária. Esta condição, chamada de insônia familiar fatal, coloca o corpo num estado de vigília que é angustiante, impedindo-o de entrar no santuário do sono.

14 - Dentro de meses ou anos, esta condição, que vai se agravando, leva à demência e à morte. Como deixar de dormir provoca sofrimento tão grande? Cientistas supõem que a resposta está na acumulação de rejeitos químicos no cérebro.

15 - Quando estamos acordados, as células consomem as fontes de energia que são degradadas em vários subprodutos, incluindo a adenosina.

16 - Conforme a adenosina se acumula, ela aumenta a vontade de dormir, conhecida como a pressão para dormir. Na verdade, a cafeína atua bloqueando as vias de receptores da adenosina.

17 - Outros rejeitos químicos também são formados no cérebro, e se eles não forem removidos, o cérebro fica sobrecarregado e acredita-se que causem os sintomas negativos da falta de sono.

18 - O que acontece com o cérebro quanto dormimos para evitar esses males? Cientistas descobriram o chamado sistema glinfático, um mecanismo de limpeza que remove o acúmulo de subprodutos e que é muito mais ativo quando dormimos.

19 - Ele usa o líquido cefalorraquidiano para eliminar os subprodutos tóxicos que se acumulam entre as células.

20 - Os vasos linfáticos, que servem como vias para as células do sistema imunológico, foram descobertos recentemente no cérebro, e, é possível que também tenham um papel na limpeza dos subprodutos no cérebro.

21 - Enquanto os cientistas exploram os mecanismos reparadores do sono, podemos ter certeza de que cair no sono é uma necessidade, se desejarmos manter nossa saúde e nossa sanidade mental.

MAIS VÍDEOS EM INGLÊS